Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

Interlúdios

 

 Às vezes julgo que, de todos os tempos que temos, os entretantos são os mais menosprezados. 1

Porque se pensa que os momentos entre Actos, ou Acções Maiores, não têm qualquer interesse; são meros interlúdios, momentos de ócio casualmente temporários ou são meras deslocações entre dois Sítios, que são aqueles que nos importam, na altura.

Mas as possibilidades que um interlúdio oferece são desconhecidas - entre dois lugares existe o mesmo: uma sucessão de  outros lugares, que podem albergar vida, acontecimentos. A nossa passagem por eles tem a hipótese de afectá-los e ficar marcada. Portanto não sabemos o que podemos esperar ao virar da esquina. Não sabemos o que veremos hoje, num Lugar pelo qual passamos invariavelmente todos os dias e que costuma estar amorfo.

Os pequenos momentos não devem ser subestimados.

A Realidade não deve ser considerada previsível nem plana.

Imagem: fotografia de Elliot Erwitt

1 CARDOSO, Miguel Esteves - O Amor é Fodido. Odivelas : Assírio & Alvim, 2006, p. 60


Publicado por Alguém às 02:49
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Emanuela a 3 de Fevereiro de 2008 às 15:47
Realmente, acho que vivemos de entretantos...O antes já foi.O depois, nem sei se chegará. Entretanto, vive-se.


De Alguém a 4 de Fevereiro de 2008 às 02:13
Tudo parece um Entretanto, um grande entretanto. Vivemos de entretantos.

Obrigado pelo comentário.


De V.A.D. a 3 de Fevereiro de 2008 às 21:42
Os interlúdios podem estar cheios de uma subtil riqueza, estejamos nós atentos...
Excelente, a consideração que teceste sobre a realidade, entidade que pode ser tão descontínua quanto imprevisível.

Um abraço.


Comentar post

_Alguém...


_ Perfil

_ seguir perfil

. 4 seguidores

_pesquisar

 

_Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


_Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

_Artigos recentes

_ NOVO BLOG : EXTRA MODUM

_ THEM THANGS II

_ THEM THANGS I

_ Limites

_ Auroras

_ Fragmentos : Sliced Cat

_ Caprichos

_ Urgem mais espaços de crí...

_ KOYAANISQATSI

_ Bloco A4 IV

_ Neglected toddler barked ...

_ A. Camus : A Queda

_ Bloco A4 III

_ Bloco A4 II

_ Bloco A4 I

_ Portugal 2010 A.D. III

_ Portugal 2010 A.D. II

_ Portugal 2010 A.D. I

_ When you're strange : a f...

_ Beja III

_ Beja II

_ Beja I

_ Memórias futuras

_ Batalha III

_ Batalha II

_ Batalha I

_ Definição : Arquitectura

_ Margem Esquerda VII

_ Margem Esquerda VI

_ Margem Esquerda V

_Arquivos

_ Setembro 2010

_ Maio 2010

_ Abril 2010

_ Março 2010

_ Fevereiro 2010

_ Janeiro 2010

_ Setembro 2009

_ Agosto 2009

_ Julho 2009

_ Junho 2009

_ Maio 2009

_ Abril 2009

_ Fevereiro 2008

_ Outubro 2007

_ Setembro 2007

_ Julho 2007

_ Abril 2007

_ Fevereiro 2007

_ Janeiro 2007

_ Dezembro 2006

_ Novembro 2006

_ Outubro 2006

_tags

_ todas as tags

_Links

_Blog Patrol > 25 04

_Twitter

Follow F_Lavareda on Twitter

_Last FM

mstfst's Profile Page

_Visitas

SAPO Blogs

_subscrever feeds