Domingo, 9 de Maio de 2010

Caprichos

  Em Arquitectura, a defesa da ideia de que nem tudo pode ser racionalmente explicado e defensável não pode – ou não deveria… – poder ser invocada para legitimar todo e qualquer tipo de intervenção onde quer que seja.

  Tenho dito.


Publicado por Alguém às 04:30
link do post | comentar | favorito
|

Urgem mais espaços de crítica

" (…)

 

  Hoje percebemos que se vamos competir, têm que existir mudanças dramáticas.
  No caso da Arquitectura, a filosofia conservadora atinge todas as publicações onde a utilidade de informar e marcar a diferença foi substituída por uma arquitectura com forte doutrina conformista e nacionalista, circunscrita pela hegemonia da escola do Porto, através do geometricamente ortodoxo e exclusão da diferença.

(…)

  Esta prática e perfil clássico do arquitecto como artista transcende as publicações mensais para incluir muito das outras publicações mensais.

(…)

  As revistas presentemente no mercado operam nesta “sopa morna” de conformismo e repetição que ignora uma real e coerente linha crítica e uma diversidade subjacente mas pouco publicada. Tudo é tratado como se fosse uma mera memória descritiva ou “traválogo” de uma agência de viagens. A ausência de análise e coragem de comparar, contestar, criticar, discordar, aproxima as revistas do catálogo ou brochura publicitária de imobiliário. “

 

(…) “

 

John Chamberlain, arquitecto, IN “Um espaço de crítica” da revista Arquitectura e Vida n.º 74


Publicado por Alguém às 04:27
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Maio de 2010

A. Camus : A Queda

(...)

 

  " A escravatura, ah, isso não, nós somos contra! Que se seja constrangido a instalá-la em sua casa, ou nas fábricas, bom, está na ordem das coisas, mas gabar-se disso é o cúmulo.

  Sei bem que não se pode passar sem dominar ou ser-se servido. Todo o homem tem necessidade de escravos como de ar puro."

 

(...)

 

CAMUS, Albert, A Queda, (trad. de José Terra) Editora Livros do Brasil, Lisboa, 2008.


Publicado por Alguém às 03:59
link do post | comentar | favorito
|

Bloco A4 III

 

Fragmentos : Alexandre Alves Costa no Câmara Clara

Caneta Bic Laranja e marcador sobre papel de 120gm/m2; 21 x 29.7cm

 

" (...)

 

Temos sempre de afirmar. Deliberadamente.

(...)

O que é isto de intervir no Património ?

Eu acho que isto é o futuro de Portugal ! Não dá couves. Mas dá histórias.

(...)

Tem que haver alguma parcimónia no Experimentalismo.

 

(...) "

 


Publicado por Alguém às 02:08
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 2 de Maio de 2010

Portugal 2010 A.D. II

“(…)

  Temos um Primeiro Ministro com uma relação perigosa e disfuncional com a realidade.

(…) “

 

Luís Pedro Nunes IN Eixo do Mal, Sic Notícias; 1 de Maio de 2010


Publicado por Alguém às 01:43
link do post | comentar | favorito
|

Portugal 2010 A.D. I

“ (…)

  Estamos com o nível de endividamento externo mais alto dos últimos 150 anos.

(...)

  Estamos cada vez com menos graus de liberdade económica.

(…)“

 

Cantiga Rodrigues IN Jornal da Noite da Sic Notícias; 30 de Abril de 2010


Publicado por Alguém às 01:38
link do post | comentar | favorito
|

_Alguém...

_pesquisar

 

_Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


_Artigos recentes

_ Caprichos

_ Urgem mais espaços de crí...

_ A. Camus : A Queda

_ Bloco A4 III

_ Portugal 2010 A.D. II

_ Portugal 2010 A.D. I

_Arquivos

_ Setembro 2010

_ Maio 2010

_ Abril 2010

_ Março 2010

_ Fevereiro 2010

_ Janeiro 2010

_ Setembro 2009

_ Agosto 2009

_ Julho 2009

_ Junho 2009

_ Maio 2009

_ Abril 2009

_ Fevereiro 2008

_ Outubro 2007

_ Setembro 2007

_ Julho 2007

_ Abril 2007

_ Fevereiro 2007

_ Janeiro 2007

_ Dezembro 2006

_ Novembro 2006

_ Outubro 2006

_tags

_ todas as tags

_Links

_Blog Patrol > 25 04

_Twitter

Follow F_Lavareda on Twitter

_Last FM

mstfst's Profile Page

_Visitas

blogs SAPO

_subscrever feeds